var hc_dominio_chat = "demartin.housecrm.com.br"; //dominio nao pode conter http:// var hc_color = "red"; var hc_filial = ""; var hc_empreendimento = ""; var hc_https = true;

Dia Internacional da Mulher: fortes e independentes, elas conquistam o próprio apê!

Dia da mulher: fortes e independentes, elas conquistam o próprio apê!

Neste 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, a De Martin Construtora homenageia todas as mulheres compartilhando histórias de duas clientes, batalhadoras e independentes, que conquistaram o seu próprio apartamento em um de nossos empreendimentos.

Uma delas é Kayra Lima de Freitas, moradora do Enseada Jacaraípe Residencial Clube, em Serra. “Ser mulher nos dias de hoje é ser uma guerreira, temos que enfrentar uma batalha a cada dia. Existem pessoas que ainda possuem pensamentos machistas, pensam que a mulher não pode conquistar seus objetivos a não ser ao lado de um homem. Eu provo o contrário”, ressalta Kayra.

Acredite e lute!

Kayra conta que sempre batalhou por seus objetivos, o que permitiu realizar o sonho da casa própria.

“A única coisa que nos diferencia dos homens é o sexo. Uma mulher pode ser manicure, empresária, advogada, médica, mecânica, engenheira, soldadora, policial, juíza, pode ser o que ela quiser! Conquistar a independência de ter meu apartamento foi provar para mim mesma que sou capaz de tudo. Ninguém me para, ninguém pode me impedir de alcançar vôos altos!”, ensina.

Para outras mulheres que, assim como Kayra, sonham com o próprio apê, ela dá a dica. “Lutem, trabalhem, economizem e não se deixem levar por palavras negativas. Nós sabemos da nossa capacidade e nunca é tarde para começar. Independente da idade, dos filhos, do marido ou de ser sozinha, o primeiro passo é a gente que tem que dar”, complementa.

Planeje e economize

Rosilene da Silva também comprou o próprio apartamento no Enseada Jacaraípe Residencial Clube e se sente realizada com a conquista. “Nós mulheres devemos saber nos impor na sociedade como pessoa e profissional, conquistar nosso espaço pra alcançar o sucesso”, ressalta.

Para Rosi, conquistar o próprio apê foi sinônimo de muito trabalho e planejamento. “É importante fazer uma planilha de gastos fixos mensais e poupar tudo o que puder. Enquanto isso, é preciso buscar empreendimentos que caibam no orçamento, pesquisar condições de pagamento e se programar. Foi assim que eu fiz e hoje tenho privilégio de morar próximo à praia em um empreendimento que atende minhas necessidades, com área de lazer e uma vista excelente!”, conta.

Conheça nossos residenciais

Quem, a exemplo de Kyara e Rosilene, está batalhando pra conquistar o seu apê, encontra na De Martin Construtora excelentes opções com localização privilegiada, amplo lazer se segurança.

Há unidades à venda no Villa do Mestre Residencial Clube, no Villa Santa Inês Residencial Clube e também no Crisreteli Residence.

Fale com um de nossos corretores, faça simulações e visite nossos apartamentos decorados.

Dia da Mulher: saiba mais!

Desde a década de 1970, a Organização das Nações Unidas estabeleceu o Dia 8 de Março como o Dia Internacional da Mulher.

No início, a data simbolizava a luta histórica das mulheres para terem os mesmos direitos trabalhistas dos homens.

Hoje, porém, o Dia Internacional da Mulher tem um significado ainda maior: a luta por igualdade não só no trabalho, mas também contra o machismo e a violência.

A escolha da data envolve diferentes fatos históricos. Um deles aconteceu em 1917, na Rússia, marcada na época pela revolução que derrubou a monarquia czarista.

Nesse clima de agitação revolucionária, as mulheres trabalhadoras do setor de tecelagem entraram em greve, no dia 8 de março, e reivindicaram a ajuda dos operários do setor de metalurgia.

Outro importante episódio relacionado à escolha do mês foi um incêndio na Triangle Shirtwaist Company, em Nova York. A tragédia aconteceu em 25 de março de 1911 e vitimou 125 mulheres e 21 homens, sendo a maioria dos mortos judeus. Essa história é considerada um dos marcos para o estabelecimento do Dia das Mulheres.

As causas do incêndio envolveram as péssimas instalações elétricas, a composição do solo e das repartições da fábrica e a grande quantidade de tecido presente no local. Outra questão decisiva foi o fato de que alguns proprietários de fábricas da época, incluindo o da Triangle, trancavam seus funcionários durante o expediente para conter motins e greves. No momento em que a Triangle pegou fogo, as portas estavam trancadas.

Quer facilitar seu sonho?

siga este passo-a-passo exclusivo
para se aproximar mais de seu apartamento.